23
Junho

Como surge a gengivite e como tratá-la?

A inflamação da gengiva pode causar sangramento, irritação, vermelhidão e dor (e até evoluir para algo mais grave). Aprenda como evitar a gengivite e conheça suas formas de tratamento.

Afinal, o que é a gengivite?

Gengivite é o termo médico para inflamação da gengiva e pode acontecer com indivíduos de todas as idades. Geralmente é provocada, na maioria dos casos, pela falta de higiene bucal ou uma limpeza inadequada. É uma forma branda de doença da gengiva e pode resultar em vermelhidão, sangramento, mau hálito e inchaço do tecido gengival.

A gengivite pode doer, especialmente ao escovar os dentes, usar o fio dental ou dar uma mordida em algo duro, como uma maçã. Sem tratamento, ela evolui para a periodontite, uma inflamação que danifica as estruturas que sustentam o dente e que pode vir a comprometer a saúde cardiovascular do corpo.

Como surge a gengivite?

A principal causa da gengivite é a formação da placa bacteriana. Os restos de comida nos dentes atraem bactérias, que começam a se alimentar, se multiplicando e fixando residência na boca. Essas bactérias, em grandes quantidades e quando não removidas, irritam a gengiva e podem causar a inflamação do tecido gengival.

Além disso, o próprio sistema imunológico intensifica o processo inflamatório. Afinal, o nosso organismo tenta se defender dos micro-organismos nocivos. Daí surgem os sintomas. Em outras situações, a gengivite pode ser causada por outros fatores que não sejam a higiene bucal. Entre eles, estão: alterações hormonais, diabetes, gestação, cirurgias e doenças que abalam a imunidade.

Quais são os sintomas?

Os principais sinais e sintomas de gengivite são:

– Gengiva inchada;

– Vermelhidão na gengiva;

– Sangramento ao escovar os dentes, passar o fio dental ou morder certas comidas;

– Dor ao mastigar;

– Dentes que parecem mais longos do que realmente são porque a gengiva está retraída;

– Mau hálito e gosto ruim na boca.

Tratando a gengivite

Quando percebida de forma rápida, a gengivite pode ser facilmente tratada pelo seu dentista. Por isso, existe uma importância grande em ir regularmente ao dentista e sempre informar a ele se algo estiver errado.

Para prevenir, algumas medidas podem ser tomadas, como:

– Escovar os dentes diariamente por dois minutos, ao acordar, antes de dormir e após cada refeição;

– Diminuir o consumo de alimentos industrializados ou cheios de açúcar refinado;

– Ir regulamente ao dentista para realizar as limpezas.

Porém, quando o caso já está fixado, deve-se consultar um dentista imediatamente. Ele irá avaliar o quadro e fazer uma limpeza profissional em consultório para remoção da placa bacteriana. O dentista também irá verificar se algum dente está cariado ou necessita de algum outro tratamento e poderá receitar medicamentos e dicas para o cuidado em casa.

Acompanhe nossas redes sociais para mais conteúdo informativo e dicas!

www.unidentis.com.br

(83) 3044-3000

Redes sociais: @unidentisoficial | @unidentisrn

Deixe um comentário